Mês de setembro registra piores índices da qualidade do ar em 2021 na Cidade de Goyaz.

O aumento do número de queimadas no Cerrado Vilaboense, vem impactando negativamente a qualidade do ar em nosso município. Neste mês de setembro o IQA (Índice de Qualidade do Ar), obteve os piores resultados do ano de 2021. O quantitativo de Material Particulado (micropartículas inaláveis), presente na atmosfera em forma de fumaça, chegou ao absurdos 115µg/m³ ultrapassando os limites de IQA moderado para IQA ruim.


Segundo os padrões de qualidade atmosférica, uma boa qualidade do ar possui um quantitativo de material particulado entre 0 e 50 µg/m³, sendo que entre 50 e 100 se caracteriza como moderado, entre 100 e 150, ruim e acima de 150 µg/m³ é considerado muito ruim.

Pesquisa em andamento realizada pela Estudante

Karisa Venção (Geografia - UEG), Pesquisadora do Grupo Interdisciplinar de Estudos Pesquisa e Extensão Águas do Cerrado (GWATÁ - UEG), vem monitorando a qualidade do ar na Cidade de Goyaz tendo como referência a resolução do CONAMA 491/2018.

Águas do Cerrado (GWATÁ - UEG);
Associação dos Geógrafos Brasileiros (AGB - Seção Cidade de Goyaz)
Share on Google Plus

About Grupo GBC

0 comentários:

Postar um comentário

Comentários anônimos não serão publicados.