Na Cidade de Goiás novo Decreto nº 58 libera salões de beleza, mantém o toque de recolher e dá outras providências



O prefeito da Cidade de Goiás Aderson Gouvea (PT) publicou no dia de hoje 13/03, o decreto N°58 que prevê adaptações e mudanças sutis ao decreto anterior em vigor desde 27 de fevereiro. Nele traz aliberação de agumas atividades antes fechadas, e contenção de aglomerações até o dia 16 de março.

Grande parte das decisões tomadas no decreto anterior permanecem, como o toque de recolher compulsório às 19h de segunda a sexta e aos sábados após as 13h até segunda às 06 da manhã.

O novo decreto, que entra em vigor no dia 15 de março, permanece até o dia 22, permite agora que salões de beleza funcionam de segunda a sexta, das 8h da manhã até 18h da tarde, e aos sábados até as 13h, com atendimento mediante agendamento, apenas um cliente no local por vez e cumprindo todas as medidas de distanciamento e segurança sanitária. 

O Decreto fala sobre academias, que  devem continuarem fechadas, assim como balneários, clubes e museus e qualquer atividades esportivas, reuniões e reuniões religiosas em igrejas.

Estabelecimentos de hospedagem devem funcionar com capacidade máxima de 30%, agências bancárias devem disponibilizar um agente apenas para controle dos protocolos sanitários, e todas as atividades não essenciais permanecem com horário de funcionamento de segunda a sexta, das 8h da manhã até 18h da tarde, e aos sábados até as 13h, e restaurantes, lanchonetes e cafés no mesmo cronograma, mas sem a permissão de consumo no local, apenas por base de drive-thru e/ou takeaway.

O novo decreto prevê multa no caso do descumprimento do toque de recolher.
O cidadão que for visto circulando em vias públicas sem o uso de máscara será multado em R$110,00, e quaisquer descumprimento ao decreto e suas medidas de segurança são passíveis de multas. Qualquer denúncia acerca de desobediência às normas do decreto poderá ser realizada por meio do telefone (62) 3371-7750 ou pelo número 190 da Polícia Militar.

Essa é mais uma medida da Prefeitura Municipal de Goiás juntamente com o Comitê de enfrentamento a COVID-19 para tentar conter o avanço da doença na cidade.

Por João Pedro
ASCOM CNN


Share on Google Plus

About Grupo GBC

0 comentários:

Postar um comentário

Comentários anônimos não serão publicados.