SAMU e Bombeiros atendem acidente com 3 vítimas fatais na GO-164 entre Goiás e Faina


Na tarde deste sábado (12 de dezembro), por volta das 17:00h, uma unidade do SAMU-USA composta pela Dra Mirelly Wolpp, enfermeira Ana Paula Beltrao, juntamente com a guarnição de resgate, busca e salvamento do 12º Batalhão Bombeiros, foram acionados para atender uma acidente de trânsito ocorrido na GO-164, no trecho que liga a Cidade de Goiás à Faina. Quando chegaram no local, à 12 km de Goiás, local mais conhecido como entrada da Fazenda Cedro, se depararam com um colisão frontal entre uma Caminhonete Frontier Placa KFC-41XX (Placa antiga) de Goiânia e outro veículo, que ficou totalmente destruido, trata-se de um GM Kobalt de Brasilia placa PAP7DXX (Placa nova).

Segundo informações de testemunhas no local, no momento do acidente chovia e um dos veículos perdeu o controle após aquaplanagem, colidindo com a mureta de proteção "guard rail" e bateu com o outro veículo que trafegava na direção contrária.

O impacto foi tão violento que as 3 (Três) pessoas que ocupavam o veículo Kobalt vieram a óbito no local, sendo que uma delas foi lançada para fora do carro. Até o momento do fechamento desta matéria as vítimas não havian sido identidificadas.

Os 4 (quatro) ocupantes da caminhonete Frontier, entre eles mulher de 58 anos com iniciais F.A.L.B e seu esposo O.B.S de 60 anos, e também uma criança de 10 anos do sexo masculino, Eles foram atendidos, imobilizados e transportados ao Hospital São Pedro pela guarnição de Resgate e equipe do SAMU. Informações à nossa redaçao diz que por volta das 22:00h do sábado a criança e a senhora de 58 anos foram transferidas para o HUGOL em Goiânia com estado gravíssimo, uma em cada viatura do SAMU, sendo acompandas pelo médico Dr.Rodolfo e enfermeiro Jecer e enfermeira Ednaura.

A Guarnição de Busca e Salvamento dos Bombeiros permaneceu no local até a chega da Polícia Técnico- Científica para perícia do acidente e liberação para retirada de um das vítimas fatal presa nas ferragens do veículo Kobalt.

O fato ainda contou com o apoio da Polícia Rodoviária Estadual(PRE) Barreira URU e Polícia Técnico-Científica.


Por Gessy Chaves
Jornalista



Compartilhe no Google Plus

Publicidades

0 comentários:

Postar um comentário

Comentários anônimos não serão publicados.