Na cidade de Jussara, Prefeitura comunica o registro do primeiro óbito por coronavírus


A Prefeitura de Jussara, por meio da Secretaria de Saúde, divulgou o primeiro caso de morte pela Covid-19 ocorrida na noite de terça-feira, 09/10. O paciente encontrava-se internado para tratamento no Hospital de Campanha em Goiânia. Também foi registrado mais um caso suspeito de contaminação com material coletado para exame aguardando resultado.

A cidade está novamente sob medidas restritivas com fechamento do comércio e intensa campanha de conscientização para prevenção à contaminação.

CUIDADOS

“A Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, alerta para a Situação de Saúde Pública em toda a cidade de Jussara.

Medidas de proteção: Lavar as mãos freqüentemente com água e sabão ou álcool em gel, cobrir a boca quando tossir ou espirrar (ou utilize lenço descartável e, após tossir/espirrar, jogue-o no lixo e lave as mãos).

Pessoas com sintomas menores como tosse ou febre leve, geralmente não há necessidade de procurar atendimento médico. O ideal é ficar em casa, fazer o auto isolamento conforme orientações das autoridades e monitorar os sintomas. Procure atendimento médico imediato se sentir dificuldade ao respirar ou dor/pressão no peito”.


“O coronovírus está circulando em Jussara”, disse a secretária de saúde, Eliane Rebouças em entrevista em rádio alertando à população para aumentar os cuidados para prevenção à contaminação pela Covid-19.

A prefeitura alerta a população para maior cuidado permanecendo em casa e evitando aglomeração, se sair de casa que faça o uso de máscara de proteção facial. “Não sabemos mais quem está positivo, todas as providências estão sendo tomadas para o controle da situação, mas o isolamento social ainda é a melhor ação preventiva”.

O Município tem agora registrado 31 casos notificados, 24 foram descartados, 01 caso suspeito aguardando resultado dos exames, e 06 casos confirmados com contaminação, destes 02 pacientes encontra-se em isolamento e tratamento domiciliar em Jussara, dois pacientes seguem internados em Goiânia, um caso curado, e um óbito.

Por Gessy Chaves
Jornalista
Inf. Nilson Almir
Compartilhe no Google Plus

Publicidades

0 comentários:

Postar um comentário

Comentários anônimos não serão publicados.