Em Faina, Policiais Militares cumprem mandado de prisão contra autores de crime e estupro em fazenda na região


Nesta quarta-feira,13/05 por volta das 02:00 horas da madrugada o Sub-Tenente Zelles, comandante do efetivo da Polícia Militar de Faina-GO, que pertence ao 6º BPM, convocou todas as viaturas para  o comprimento do mandado de prisão dos autores de um crime bárbaro que aconteceu no município de Faina. O roubo que aconteceu em uma fazenda próxima ao centro urbano da cidade, onde os criminosos usaram de muita violência.

As diligências da Policia Militar prenderam os autores por volta das 06:00h da manhã, sendo um no Setor Sol poente, e outro no povoado da Burduna, 26 e 50 anos de idade.

O crime aconteceu no dia  01/02/2020, quando os criminosos invadiram a casa da fazenda e armados renderam um casal, filho e nora do dono, que foram amarrados e brutalmente agredidos. Um dos criminosos menor de idade  ainda  estuprou a mulher. Os autores deixaram às vítimas amarradas, contudo, elas conseguiram se soltar, passaram a noite as margens de um rio temendo que os agressores voltassem e ao amanhecer buscaram socorro e noticiaram  o fato aos policiais militares da cidade de Faina.

No decorrer das diligências realizadas, foi encontrado uma arma de fogo debaixo da cama do menor, que segundo a polícia teria sido usada na tentativa de homicídio contra um senhor na estrada da Burduna. Vale ressaltar, que os indivíduos são suspeitos de autoria de outras práticas criminosas entre elas tentativa de homicídio, furto de semoventes, porte de arma e roubos.

As equipes da PM estavam compostas pelo ST.Zelles e Sd. Macedo; Sgto. Dias e Sd. Mendanha; Sgto. Carlito e Cb. J. Souza; Sgto. J. Batista e Sgto. Camargo.

A PM de Faina ressaltou ainda a eficácia e precisão dos trabalhos do agente de Polícia Civil Neonildo responsável pelo expediente da PC em Faina, que junto ao Dr Gustavo Barreto, Delegado da Cidade de Goiás conseguiram os mandados de prisão no Judiciário.

Os criminosos foram levados para a Delegacia de Polícia Civil da Cidade de Goiás e posteriormente direcionados para a Unidade Prisional.

Por Gessy Chaves 
Jornalista
MT/GO 3243
Inf. ST Cunha
Compartilhe no Google Plus

Publicidades

0 comentários:

Postar um comentário

Comentários anônimos não serão publicados.