Prefeitura da Cidade de Goiás decreta uso obrigatório de máscara a partir do dia 16 de abril


Hoje (15 de Abril de 2020), a Prefeita Municipal de Goiás, Profª Selma Bastos, publicou um decreto tornando obrigatório o uso de máscaras domésticas de proteção a toda a população vilaboense sempre que necessário o rompimento do isolamento social.

O decreto que passa a vigorar a partir de hoje, afirma que o uso de máscaras de uso profissional deverão ser utilizadas apenas por profissionais de saúde e profissionais de apoio que irão tratar de pacientes suspeitos ou confirmado de COVID-19, entretanto, as máscaras de uso doméstico devem ser usadas por todos.

O decreto postula ainda sobre a postura que deve ser adotada pelos estabelecimentos, profissionais, casas lotéricas e instituições financeiras:

Art. 5º: No desenvolvimento das atividades essenciais e no comércio em geral, quando autorizado o seu funcionamento, os colaboradores que desenvolvem atividade de atendimento ao público, deverão, obrigatoriamente, fazer o uso das máscaras domésticas, nos termos previstos neste Decreto Executivo e sob orientação das normativas do Ministério da Saúde. 
§ 1º: “Fica proibida a entrada de pessoa sem máscara em qualquer estabelecimento público ou privado, de caráter comercial ou não, no Município de Goiás, devendo o responsável pelo estabelecimento impedir sua entrada ou providenciar-lhe uma máscara.” 
§ 2º: “Os estabelecimentos comerciais em funcionamento, especialmente casas lotéricas e instituições financeiras (bancos), ficam obrigados a assegurar o distanciamento mínimo de 1,5m entre as pessoas e demais medidas preventivas nos termos do Decreto Nº 25, de 21 de Março de 2020, sob as penas de lei.” 

Além disso, o decreto fornece orientações tanto para a fabricação e quanto para a utilização de máscaras de tecido, ensinando passo a passo como fazer, que material usar e como higienizá-la.

Tal medida foi tomada em prol da segurança dos cidadãos vilaboenses diante da pandemia enfrentada, visando conter contaminação, o alastramento do vírus e manter o boletim epidemiológico da cidade de Goiás como está até a presente situação: sem nenhum caso confirmado de coronavírus.

Por Gessy Chaves
Jornalista MT/GO 3243
Assessoria de Imprensa
Por Isadora Chaves
Compartilhe no Google Plus

Publicidades

0 comentários:

Postar um comentário

Comentários anônimos não serão publicados.