Homem que estava internado na UTI do HSPA na Cidade de Goiás morre na chegada ao HCamp em Goiânia


Morreu no último sábado (29) ainda na ambulância do SAMU um homem que foi transferido da Cidade de Goiás para o HCamp em Goiânia.

No dia 20 de março esse paciente foi transferido para a UTI da Cidade de Goiás vindo da cidade de Àguas Lindas de Goiás, devido seu estado de saúde estar grave. Todos os cuidados foram tomados pelos profissionais de saúde do HSPA devido haver a possibilidade do caso se tratar do covid-19.

Segundo a regulação em Goiânia  o paciente foi regulado para a cidade de Goiás levando em consideração a disponibilidade de leito que havia na cidade, e que devido a UTI ser de abrangência regional e estadual a saúde do estado pode transferir para a cidade qualquer paciente de outras cidades.

Em si tratando da pandemia, todos os suspeitos até então eram transferidos para para o HDT, e agora a rede estadual de saúde também dispõe do HCamp, local para onde o homem foi transferido após o seu estado agravar-se ainda mais, embora seus sintomas não serem compatíveis com o covid-19, e foi o local onde disponibilizou-se a vaga.

O rapaz que foi diagnosticado com miastenia grave, doença que leva a um quadro de enfraquecimento muscular, e devido aperesentar a SRAG - Síndrome Respiratória Aguda Grave, um dos sintómas que o HCamp aceita pacientes, foi que se disponibilizou a vaga.

Como a Secretaria de Saúde precisa investigar todos os casos para ter certeza, foram colhidas secreções para fazer o exame de covi-19 para então afastar a possibilidade de ser considerado mais um caso de infeccão pelo conoravírus.

Por Gessy Chaves
Jornalista
MT/GO 3243
Compartilhe no Google Plus

Publicidades

0 comentários:

Postar um comentário

Comentários anônimos não serão publicados.