Em Pirenópolis, AGI lança pedra fundamental do Memorial da Imprensa neste sábado (7/3)


A pedra fundamental do Memorial da Imprensa, a ser construído nas dependências da histórica fazenda Babilônia, no município de Pirenópolis, será lançada no sábado (7/3), às 9h30, durante café da manhã organizado pela Associação Goiana de Imprensa (AGI). O ato vai lembrar os 190 anos do primeiro jornal goiano, “A Matutina Meiapontense”, que funcionou nessa propriedade rural, é o mais antigo do Centro-Oeste e um dos primeiros do Brasil, cuja primeira edição circulou no dia 5 de março de 1830. Na oportunidade, serão prestadas homenagens ao seu fundador, comendador Joaquim Alves de Oliveira, e ao primeiro redator-chefe, padre Luís Gonzaga de Camargo Fleury, que são os patronos da Imprensa Goiana.

Os trabalhos serão coordenados pelo presidente da AGI, jornalista Valterli Guedes, que vai lembrar os 85 anos da entidade, “defensora das liberdades públicas e da verdade”, e que foi fundada no dia 10 de setembro de 1934; e pelo escritor Nilson Jaime, presidente da Academia Palmeirense de Letras, Artes, Música e Ciências (Aplamc). Para o escritor Geraldo Coelho Vaz, presidente do Instituto Histórico e Geográfico de Goiás, são 190 anos “expressando a nossa história”.

Haverá exposições de quatro escritores: Bento Alves Araújo Jayme Fleury Curado, presidente do Instituto Cultural e Educacional Bernardo Élis dos Povos do Cerrado (Icebe), sobre a história de “A Matutina Meiapontense”, que teve 526 edições ao longo de quatro anos, circulando até 24 de maio de 1834; Maria Elizabeth Fleury Teixeira, presidente da Academia Feminina de Letras e Artes de Goiás, sobre o jornal “A Rosa”, de Heitor Fleury; Luiz de Aquino Alves Neto, da Academia Goiana de Letras, sobre o projeto de criação do Museu da Imprensa; e José Ubirajara Galli Vieira, presidente da AGL, sobre a história da tipografia.

Por Gessy Chaves
Jornalista
MT/GO 3243


Compartilhe no Google Plus

Publicidades

0 comentários:

Postar um comentário

Comentários anônimos não serão publicados.