Advogado pode ser o mandante do assassinato de outro advogado, Hans Brasiel, em Aruanã-GO


O Advogado suspeito foi preso em Aruanã no dia 26 de fevereiro e levado para Goiânia.

Chega em Goiânia o possível mandante do assassinato do Advogado Hans Brasiel da Silva Chaves, de 31 anos, que foi morto a tiros dentro do próprio escritório no último dia 6 no centro da cidade de Aruanã-GO. Dois dias depois, a corporação prendeu um homem e apreendeu um adolescente suspeitos de cumprir as ordens, cometendo o crime.

Na manhã do dia 26 de fevereiro, quarta-feira, a polícia prendeu outro acusado, desta vez um advogado que teria encomendado o crime. O motivo teria sido segundo a polícia a disputa por clientes. Em entrevista ao jornal Anhanguera no mesmo dia 26, o presidente da Comissão de Segurança Pública e Política Criminal da OAB, Edemundo Dias de Oliveira Filho, delegado aposentado, disse que recebeu a denuncia de que outro advogado lá de Aruanã teria sido o mandante do crime.

''A polícia civil com bastante rapidez, destreza e inteligência está chegando ao desfecho desse caso que envolve a morte de um advogado com 31 anos, no alvorecer da sua profissão e que foi violentamente atacado no seu escritório. Isso fere o estado democrático de direito. Por isso, a Ordem dos Advogados está acompanhando isso de perto. Esse advogado está sendo trazido para Goiânia para mais informações, onde todas essas controversas serão esclarecidas pela Polícia Civil.”

Em agosto de 2019, Hans sofreu uma tentativa de homicídio por outro advogado criminal que também atua em Aruanã. A investigação apontou à época que o suspeito por tentar matar Hans estava envolvido em crimes de receptação de estelionato, mas não disse que esse advogado preso agora é o mesmo investigado da época. “Isso é muito constrangedor para a Advocacia, uma questão que a Advocacia tem que debater”, disse Edemundo.

Perguntado sobre qual seria a posição da OAB caso seja comprovada a participação do advogado suspeito nesse caso, o presidente da Comissão de Segurança Pública concluiu: “serão tomadas as medidas cabíveis e provavelmente (o advogado acusado) será desligado dos quadros da OAB.”

Por Andressa Leite
Assessoria de Imprensa
(Foto emaisgoiás.com)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários anônimos não serão publicados.

 
© Copyright Jornal Classifique 2011 - Todos os Direitos Reservados | Powered by Grupo GBC.
Template Design iNOVA Criaçoes | Desenvolvido para Jornal Classifique e Novagraf