O ator da Rede Globo Paulo Vespúcio grava documentário na Cidade de Goiás


O ator Paulo Vespúcio esteve na Cidade de Goiás para gravar cenas do documentário “De arraial a Patrimônio Mundial”, dando vida a trechos do livro de autoria de Elder Camargo de Passos, interpretando o artista sacro Veiga Valle.

O filme faz parte do projeto que, além do documentário, prevê a publicação literária ao redor da qual as demais ações orbitam. Produzido por Bruna Vinsky e Sankirtana Dharma, em parceria com a Rosa dos Ventos Filmes, com o apoio do FUNDO DE ARTE E CULTURA DE GOIÁS.

Com lançamento previsto para agosto, o livro contém cerca de 500 páginas de material coletado durante 30 anos de pesquisa do autor, traz com riqueza de datas desde a chegada dos bandeirantes, abordando a história política, movimentos religiosos, educação, construções e arquitetura, festas tradicionais, além de muitos outros dados sobre manifestações culturais como lendas, apelidos, tipos de ruas, fotos históricas e muito mais.

A escolha de Veiga Valle, entre tantos outros personagens históricos vilaboenses, parte da identificação do próprio Elder com este artista, do qual se tornou uma das maiores referências ao lançar em 1997 um livro sobre este mestre santeiro.

ENCONTROS E IMPRESSÕES

Para Elder, ver Paulo Vespúcio caracterizado de Veiga Valle atuando no Palácio Conde dos Arcos e no Museu da Boa Morte, entre as obras do artista, foi como visitar o passado. “Vi nele uma ótima representação”, afirma o memorialista.

Já Paulo se mostrou muito entusiasmado com o projeto: “Foi uma grande surpresa ver a estrutura da produção que nada deixa a desejar às grandes produções cinematográficas das quais já participei. Ainda mais sendo feita por estudantes do IFG. Adorei a direção do Carlos Cipriano e Carminha Lombardi. Quero fazer um intercâmbio da equipe do meu projeto em Rio Verde com esse pessoal. É um lindo trabalho que está sendo desenvolvido em Goiás.”.

O ator comenta ainda que participar do documentário foi emocionante, porque também foi um grande resgate da sua “goianidade”, já que saiu do estado muito cedo, aos 16 anos. “Não conhecia profundamente o Veiga Valle, fiquei admirado com suas obras. Aprendi com o personagem, com o Elder e com a equipe. É o primeiro trabalho verdadeiramente goiano que faço parte e vai ficar muito bonito, tem um roteiro bem bacana. Tentei dar algo bom de mim. Fiz com muito carinho.”

A equipe do projeto afirma em uníssono ter sido um grande prazer trabalhar com este ator, considerando-o um esforço essencial ao resultado que esperam da realização. Segundo Bruna Vinsky, produtora executiva, o projeto é “um feliz exemplo do que as iniciativas e leis de incentivo à cultura podem possibilitar, em favor não só dos artistas envolvidos, mas especialmente à população, que é a maior beneficiada por ações de manutenção e expansão cultural como esta e tantas outras que vem sendo realizadas por estes meios”.

Paulo atualmente está intercalando as gravações da nova novela da Globo, “Segundo Sol”, com a implantação do Fundo Municipal do Audiovisual em Rio Verde, sua cidade natal.

“De Arraial a Patrimônio Mundial” finalizou assim o seu segundo ciclo de filmagens, que contou também com entrevistas de Fernando Cupertino e Maria Augusta Calado, goianos de alto calibre cultural, que acrescentaram sobre o conteúdo do livro e a importância do autor para o enaltecimento e preservação da cultura goiana.

A próxima fase do trabalho será a gravação de cenas já no lançamento do livro, em agosto, no Palácio Conde Dos Arcos, em Goiás. A estreia do documentário está prevista também para o mês de agosto, no CINE UFG, em Goiânia.

Com reportagem de Julianna Santos
Por Gessy Chaves
Jornalista
MT / GO -3243

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários anônimos não serão publicados.

 
© Copyright Jornal Classifique 2011 - Todos os Direitos Reservados | Powered by Grupo GBC.
Template Design iNOVA Criaçoes | Desenvolvido para Jornal Classifique e Novagraf