A Polícia Militar e Polícia Civil desvendaram o assassinato do garoto desaparecido desde janeiro na Cidade de Goiás


A Polícia Militar esteve recebeu informações a respeito do desaparecimento de Gustavo da Silva Souza, 19 anos, vulgo “chaminé”. Depois de conversar com os familiares, o rapaz que não foi mais encontrado desde o início do ano, e também de posse de várias denúncias feitas através do disk denuncia, os policiais desvendaram o mistério.

Confrontando todas as informações que levassem a descobrir o que aconteceu, a equipe da PM realizou no dia 06/05/2019 diligências que apontaram como os suspeitos do desaparecimento de Gustavo Chaminé, três jovens do sexo masculino e uma jovem do sexo feminino, as pessoas de: M. F. F. C. 19 ANOS, e S. A. F-21 ANOS, e B. O. M-21 ANOS e G. A. O. M. 18 ANOS, todos jovens de famílias tradicionais da Cidade de Goiás.

Com o Apoio da CPE (45ª CIPM) os 4 suspeitos foram localizados e confessaram sua participação no homicídio de Gustavo. O corpo da vítima, segundo os autores, foi transportado dentro de uma mala até uma mata próxima à cidade, as margens do Rio Vermelho. No local, o corpo da vítima foi cremado a fim de ocultar o cadáver e não deixar vestígios.

Segundo a polícia, dividas de drogas foi o que levou a motivação do crime.


A equipe da CPE e Polícia Civil estiveram no local e encontraram vestígios que os levaram a crer que sejam resultados da incineração de um cadáver. O Corpo de Bombeiros e o IML foram acionados para realizar a identificação da vítima. Na data do dia 07/05, continuando as buscas, foram encontrados partes dos restos mortais que serão submetidos a exames de DNA para comprovação da identidade da vítima desaparecida.

Por Gessy Chaves
Jornalista
MT/GO 3243
Fonte: 4 CRPM

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários anônimos não serão publicados.

 
© Copyright Jornal Classifique 2011 - Todos os Direitos Reservados | Powered by Grupo GBC.
Template Design iNOVA Criaçoes | Desenvolvido para Jornal Classifique e Novagraf