Ministerio Público de Goiás pede afastamento do Prefeito de Crixás Plínio Paiva e bloqueia entrada da prefeitura


O Ministério Público de Goiás (MP-GO) deflagrou na madrugada desta quarta-feira (6/6) a Operação Gota Dourada, que visa desarticular uma associação que vinha cometendo fraudes em compras de cartuchos, toners e combustíveis com valores superfaturados na prefeitura de Crixás.

A operação, que tem a coordenação dos promotores de Justiça Fabrício Lamas e Caio Affonso Bizon, conta ainda com a atuação de mais cinco promotores, e com apoio do Centro de Inteligência (CI) do MP-GO, que colaborou no trabalho investigativo, e com o auxílio do Gabinete de Segurança Institucional do MP-GO, da Polícia Militar, e de mais de 20 policias civis, além de delegados.

Na manhã de hoje 06/06, foram entregues dez notificações de afastamento contra o prefeito da cidade, contra a secretária municipal de Administração, e contra servidores municipais, expedidas pela Justiça. Além disso, estão sendo cumpridos oito mandados de busca e apreensão na sede da prefeitura de Crixás - que está bloqueada para entrada de servidores e funcionários -, em empresas, e também em residências. 

O esquema ainda tinha como objetivo beneficiar parentes de servidores municipais.

Por Gessy Chaves
Jornalista
MT/GO 3243
Fonte: mpgo.mp.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários anônimos não serão publicados.

 
© Copyright Jornal Classifique 2011 - Todos os Direitos Reservados | Powered by Grupo GBC.
Template Design iNOVA Criaçoes | Desenvolvido para Jornal Classifique e Novagraf