Procissão do Fogaréu acontece nesta quarta-feira (12), à meia noite na Cidade de Goiás


As luzes da cidade se apagam, e exatamente a meia noite desta quarta-feira 12 de abril, os encapuzados dão início a mais uma encenação do Fogaréu. Evento que se repete todos os anos e atraem uma multidão de pessoas de todos os cantos do país, que lotam as ruas da antiga capital do estado.

Goiás velho como é conhecida mundialmente, primeiro por ser o berço da cultura goiana, e além de ter o título de patrimônio histórico e cultural da humanidade, também tem este evento que até a poucos tempos era o único do gênero no mundo. Apesar de ter sido copiada por algumas cidades brasileiras, em nenhum lugar se presencia esta encenação com tanta veracidade e encantamento como nas ruas históricas de pedra de Goiás.

Tradição na cidade desde 1745, o ritual simboliza a procura e a prisão de Cristo. Cerca de 40 homens encapuzados, os farricocos, que representam os soldados romanos, carregam as tochas enquanto um coro entoa cantos em latim.

Ao som de tambores e à luz de tochas, a Procissão do Fogaréu tem início na porta do Museu de Arte Sacra da Boa Morte, passa pela Igreja do Rosário (representando o local da última ceia) e chega até a Igreja de São Francisco de Paula, que faz o papel do Monte das Oliveiras, onde Cristo foi preso.

A partir daí, o estandarte com a imagem de Jesus é carregado por um dos farricocos, simbolizando sua captura. A cerimônia dura cerca de uma hora.

Por Gessy Chaves
Jornalista
MT/GO-3243

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários anônimos não serão publicados.

 
© Copyright Jornal Classifique 2011 - Todos os Direitos Reservados | Powered by Grupo GBC.
Template Design iNOVA Criaçoes | Desenvolvido para Jornal Classifique e Novagraf