Escritor Goiano Recebe Prêmio Carlos Drummond de Andrade (2013), em Itabira

Na noite de 10 de agosto, em Itabira, cidade do ferro, o Jornalista e Colunista do Jornal Folha Popular, Eustáquio Lúcio Félix, idealizador de grandes eventos, recebeu no Clube ATIVA, poetas, escritores e personalidades locais, e de outros Estados brasileiros, que durante o primeiro semestre, deste ano, se destacaram profissionalmente.
Goiás (Uruana) se fez presente, através do Professor, historiador, jornalista e Escritor goiano, Dhiogo José Caetano, outorgado com o Prêmio Carlos Drummond de Andrade 2013 (“O TROFÉU CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE, é o mais antigo do gênero no Brasil. Singularmente e de maneira especial, lembramos os 111 anos de Carlos Drummond de Andrade, itabirano, cidadão do mundo e da palavra. E Itabira, neste dia é uma cidade impregnada de emoção e poesia, homenageando quem a fez conhecida em todo mundo, quem cantou suas montanhas e eternizou suas esquinas e recantos, quem fez de seu chão, de sua alma e de suas calçadas um verso de amor e saudade. 111 anos. Um tempo mais do que secular, ritmado na canção de um coração que parou de bater num entardecer de agosto, mas, que continua emocionado e enchendo de beleza os olhos e a sensibilidade dos que não contentam com o viver lasso e empobrecido.Drummond e Itabira, Drummond e a poesia, Drummond. “E como fica chato ser modesto. Agora, serei eterno”.

A constatação profética de um poeta que atravessou o tempo e se fixou na plenitude de seus versos ternos, nostálgicos - o gauche, itabirano e universal Homens e Mulheres celebrizados pelo reconhecimento de uma homenagem que leva o nome de Carlos, serão, certamente, seculares, únicos, plenos como os versos do Poeta - gente, cujo tempo, de vida ou de instante, será marcado no sempre desse momento singular. Carlos Drummond de Andrade, o mito, celebrou a vida e a poesia deste itabirano, mas quer também destacar, através do Troféu que leva seu nome, as Personalidades que, pela honradez, pela capacidade de criar e recriar o mundo, pelo destino ímpar que os faz ousados e plenos transformar o viver em um ato solidário, digno e único!” - Eustáquio Lúcio Félix )

Obrigado Eustáquio, pela divulgação da cultura/literatura brasileira, honrarias, e reconhecimento, a todos os profissionais premiados neste histórico evento.

Por Juliana Chaves

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários anônimos não serão publicados.

 
© Copyright Jornal Classifique 2011 - Todos os Direitos Reservados | Powered by Grupo GBC.
Template Design iNOVA Criaçoes | Desenvolvido para Jornal Classifique e Novagraf