Cidade de Goiás será a primeira a apresentar plano para acesso a recursos do PAC Cidades Históricas

A deputada federal Marina Sant’Anna participou na última quinta-feira,14, de reunião envolvendo representantes do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e da prefeitura da Cidade de Goiás. Em pauta, a implantação do Plano de Aceleração do Crescimento, PAC Cidades Históricas, uma ação intergovernamental articulada com a sociedade para preservar o patrimônio brasileiro.

Para deputada Marina Sant’Anna, coordenadora em Goiás da Frente Parlamentar em Defesa da Cultura, essa parceria resultará em grandes benefícios para a cidade de Goiás. “Os investimentos contribuem para o desenvolvimento urbano do município, além de reafirmarem a identidade histórica e cultural da Cidade de Goiás”, salientou.

Segundo a superintendente regional do Iphan em Goiás, Salma Saddi, a prefeita de Goiás, Selma Bastos, será a primeira a ser recebida no Iphan Nacional para apresentar o plano de ação do município para a utilização dos recursos do PAC Cidades Históricas. A solenidade ocorre no próximo dia 22 de fevereiro, às 9 horas. No mesmo dia, às 15 horas, o prefeito de Goiânia, Paulo Garcia também será recebido no instituto para apresentar o plano da capital goiana.

“O PAC Cidades Históricas mostra a preocupação da presidenta Dilma Rousseff com a preservação da história e da identidade do povo brasileiro”, expressou a prefeita Selma Bastos.

Participaram também da reunião, no dia 14, a Secretária Municipal de Cultura e Turismo do Município de Goiás, Goiandira Ortiz, o Secretário de Controle Interno, Aguinel Lourenço da Fonseca Filho, o Assessor Jurídico, José do Carmo, além dos representantes do Iphan, Francilene Rocha, Paulo Henrique Farsete e Beatriz Otto Santana.

PAC Cidades Históricas

O PAC Cidades Históricas é uma ação intergovernamental articulada com a sociedade para preservar o patrimônio brasileiro, valorizar nossa cultura e promover o desenvolvimento econômico e social com sustentabilidade e qualidade de vida para os cidadãos. O programa atuará, inicialmente, em 44 cidades, de 20 Estados da federação, com a disponibilização de R$ 1 bilhão até 2015, em obras públicas. A previsão é de que as obras sejam concluídas até o primeiro semestre de 2014.


Por Jonathan Chaves
Fonte: goiasmais.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários anônimos não serão publicados.

 
© Copyright Jornal Classifique 2011 - Todos os Direitos Reservados | Powered by Grupo GBC.
Template Design iNOVA Criaçoes | Desenvolvido para Jornal Classifique e Novagraf