18/11 - 15:50h - Conselho Superior do IFG decidiram pela oferta do Bacharelado em Cinema e Vídeo no Câmpus Cidade de Goiás

Em reunião no último dia 12 de novembro, segunda-feira, membros do Conselho Superior do IFG decidiram pela oferta do Bacharelado em Cinema e Vídeo no Câmpus Cidade de Goiás a partir do primeiro semestre de 2015.

Além do Bacharelado, também foram aprovadas as licenciaturas em Artes Visuais e Ciências Biológicas, previstas para 2014. Também foram aprovados Conservação e Restauro e Agroecologia para o Programa de Educação de Jovens e Adultos (PROEJA), e os cursos Técnicos Integrados em Produção de Áudio e Vídeo e Agroecologia.

Lisandra Lavoura
Segundo a Diretora-Geral do Câmpus Cidade de Goiás, Lisandra Lavoura (foto), as decisões foram embasadas em pesquisas que levaram em conta a realidade local. “O curso de agroecologia vai contribuir para a conscientização e responsabilização da cidade com a causa dos pequenos produtores assentados da reforma agrária”.

Quanto ao bacharelado em Cinema e Vídeo, Lisandra disse que o câmpus Cidade de Goiás é o que possui melhor perfil pelas características da cidade, Patrimônio Histórico da Humanidade, e pela repercussão que é o Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental (FICA), realizado todos os anos em Goiás.

Lisandra esteve em Recife na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) em visita ao curso de Cinema e Audiovisuais coordenado por Rodrigo Carneiro. “Ele nos confirmou que a oferta verticalizada do curso técnico integrado ao bacharelado é a melhor opção para a formação integral de um cineasta”.

Conselho Superior

O Conselho Superior, responsável pela aprovação dos cursos, é o órgão máximo do Instituto Federal de Goiás. Ele tem caráter consultivo e deliberativo. Além da representatividade da comunidade docente, discente, dos servidores técnico-administrativos, conta também com representantes da sociedade civil, entidades patronais, egressos e Ministério da Educação.

É presidido pelo reitor do IFG e composto por 21 membros, cujo mandato é de dois anos. Os representantes dos segmentos do IFG são eleitos pela comunidade da instituição, com voto individual, secreto e facultativo. Os demais membros são indicados pelas entidades e órgãos representativos.

Por Gessy Chaves
Fonte: ifg.edu.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários anônimos não serão publicados.

 
© Copyright Jornal Classifique 2011 - Todos os Direitos Reservados | Powered by Grupo GBC.
Template Design iNOVA Criaçoes | Desenvolvido para Jornal Classifique e Novagraf