2104 - 15:54h - Ronaldo Oliveira, presidente da CDL no CARA A CARA


O cara a Cara traz uma entrevista com Ronaldo Oliveira, um empresário do ramo de calçados, e também o atual presidente da CDL - Cidade de Goiás. Ronaldo nos fala o que pensa o empresariado da cidade já que são os grandes responsáveis pela maioria dos empregos gerados.
Paralelamente você também logo após a visão de um conceituado político que já foi administrador público do município de Goiás.


JClassifique - Ronaldo Oliveira, como você avalia a atual gestão municipal?
Ronaldo -Eu acho que a atual gestão foi marcada por altos e baixos, acho até que mais baixos do que altos, deixou a desejar, muita coisa que ele se comprometeu a fazer, ele não teve o dinamismo de fazer acontecer, e ele se comprometeu muito e o desenvolvimento da prefeitura aqui em Goiás nesses 3 anos e meio foi fraco. A política aqui em Goiás é uma política meio fantasiosa, eles deixam os eleitores vendo uma coisa maravilhosa, que vai acontecer em 4 anos, mas não é nada disso. Quando eles ganham, o eleitor é esquecido principalmente aqueles que não são ligados a esse partido ou aquele. Os que não dependem da política, realmente são os que precisam de obras sociais. Eu me lembro bem que quando eu vim pra Goiás, tinham 4 hospitais funcionando, hoje só tem 1. Então as coisas não melhoraram. E os políticos de hoje da cidade de Goiás, não importam com esses setores mais afastados como Goiás 2, Tempo Novo, o Papiros, só os votos interessam pra eles. Veja você, nós moramos em uma cidade que é patrimônio histórico da humanidade e o ônibus que anda carregando as pessoas cai aos pedaços, eu acho que o maior patrimônio que Goiás tem são as pessoas que vivem aqui e não as que vêm ver o nosso patrimônio histórico.

JClassifique - Como você vê a disputa nas eleições municipais deste ano?
Ronaldo - Bem, todo ano a gente tem uma perspectiva sobre as eleições, a gente pensa que vai melhorar, mas as notícias que agente vemos nas mídias é que grandes políticos acabam se envolvendo em falcatruas, e isso deixa o povo um pouco desiludido. Eu queria muito que uma pessoa do comércio concorresse ao cargo de prefeito, mas nenhum quer mostrar a cara. Então todos querem que nossa Goiás melhore e sempre cresça, e a CDL tem uma vontade muito grande, que Goiás desenvolva. A Cidade de Goiás é uma coisa fantástica, cresce mesmo sem incentivos políticos, sem muita obra política, você vê o comércio da cidade de Goiás crescer. Mesmo assim ele sofre demais, nós vivemos é de pagamento de prefeitura, pagamento de estado, dos pequenos agricultorese e dos assentados.
E tudo isso ainda é uma renda pouca para a cidade; o comércio é guerreiro, sem grandes empresas e sem perspectivas de uma indústria grande. O povo fala que a indústria de Goiás é o turismo mas eu não acredito que o turismo é a alavanca que vai fazer Goiás melhorar, pode até vir a ser no futuro, se tiver uma estrutura melhor, pessoas melhores ligadas ao turismo, enquanto isso não acontece eu acho que deveria ser pensado em uma indústria, nós temos um parque industrial que é totalmente desvalorizado porque nada se constrói, nada vem pra cá, mas eu tenho certeza que isso falta só um pouquinho de empenho, podemos ver que não temos a secretaria de indústria e comércio, ela foi desativada e a base daqui é o comercio, então devia ter uma secretaria forte pra ajudar o comércio com recursos, nos empreendimentos, os projetos até que são vários. A CDL faz muitos projetos, mas infelizmente só dependemos de nós mesmos porque quando passa para o lado político infelizmente para tudo, então a esperança dos comerciantes é que haja uma diferença grande, que nessa eleição que ganhe pessoas ligadas a cidade de Goiás, pessoas que tenham vontade de que a cidade de Goiás apareça no mapa.

JClassifique - Quais os principais desafios que o próximo prefeito terá que enfrentar?
Ronaldo - O desafio maior da nossa região, é resgatar a dignidade dos moradores dos nossos bairros, que dependem do asfalto, de saneamento básico, de transporte publico digno de ir e vir do trabalho. E não só na zona urbana, na zona rural também tem muitas crianças que não vêm pra aula por falta de ônibus, por falta de estrada, por falta de condições de estar em uma sala de aula, isso é um atraso pro município. Nós comerciantes temos o privilégio de ver coisas melhores do que muitos políticos porque o político tem uma coisa, ele procura o seu eleitor na época de campanha, depois ele passa 4 anos sem ir na casa dele novamente, então o político e o comerciante são diferentes, o comerciante todo mês, toda semana tem as pessoas lá no balcão conversando com ele, conta seus causos, contam suas histórias, seus feitos, e principalmente contam as suas dificuldades. É o seu filho que não vai mais à aula por causa do ônibus, contam que aos sábados pessoas do Papiros e Tempo Novo não vão pra Goiás porque não tem ônibus. O mesmo acontece com as pessoas dos assentamentos, suas crianças faltam às aulas, as estradas acabaram e eles não dão conta de trazer as coisas deles para vender na feira. E isso tudo é prometido em épocas de campanha. Colocam ênfase en cima disso, e na verdade nada funciona, tenho eu que um comerciante é muito melhor pra ser um político, do que um político ser um Político mesmo.

JClassifique - Qual deve ser o perfil do próximo prefeito?
Ronaldo - O perfil que todo mundo gostaria, é daquele prefeito aberto, aquele prefeito que seria um homem público, ele é colocado lá pelo povo, ele não ganha uma campanha, ele é eleito, eleito por uma população que quer muitos benefícios e acreditou nos projetos dele . Então que esse prefeito seja um prefeito que chame a atenção da comunidade, que participe da cidade, do que tá acontecendo realmente, e não fique trancado dentro de um gabinete onde as entidades como a CDL, a Maçonaria e outros tenham acesso a ele. E na atualidade é muito difícil termos acesso a um prefeito. Um prefeito tinha que todo mês ou toda semana que estar nos bairros fazendo reuniões ou que seja feito mutirões. As pessoas precisam de asfalto, que faça uma limpeza do lote, se não dão conta de fazer o saneamento básico, que eles não entulhe os lotes como a gente vê, muitos lotes ilegais , vamos organizar a casa e não prometam aquilo que não possam cumprir.
Que o perfil do próximo prefeito seja aquele que abra seu gabinete para pessoas mais pobres, que atendam essas pessoas e que não fique trancado ou então fique só com seus secretários que falam muito e pouco fazem. Outra coisa interessante é que trazem pessoas de fora para trabalhar aqui, será que aqui em Goiás já não tem pessoas capacitadas para dirigir esses cargos, eu acho que tem muita gente boa, muita gente capaz.
O turismo, se fala tanto, mas investem muito pouco, você vê o nosso carnaval, uma coisa que podia ser muito melhor, a prefeitura participa pouco eu acho que todos os eventos que tem na cidade, a prefeitura tinha que ser o maior interessado, a nossa pecuária a nossa principal festa da cultura da comunidade, olha que aconteceu ano passado, a estrutura física do nosso pátio agropecuário, vai lá um dias desse a passeio no parque pra você ver a total falta de respeito com a população, a única festa do ano que é da comunidade, de todos os vilaboenses, dos assentados, pecuária é nossa, eu acho uma falta de compromisso.
Outra questão, o futuro prefeito poderia ter mais compromisso com o emprego porque nós da CDL tivemos vários trabalhos e projetos, tentamos trazer a escola técnica estadual, que é o SENAI, que tem cursos ambulantes, mas nos não conseguimos parceria com a prefeitura, porque precisávamos da estrutura física que ficaria por conta da prefeitura e não conseguimos. Os nossos jovens estão aí perdendo o lugar pra muita gente, não se profissionalizam, graças a Deus que não perdemos o IFG, que está sendo um grande passo pra Goiás.

JClassifique - Você pretende se candidatar a prefeito nas próximas eleições?
Ronaldo - Não, eu me sinto simplemente um comerciante apaixonado por Goiás, a cidade tem muita gente melhor do que eu, com alto índice de capacidade e honestidade. Quero pedir ao eleitor que não venda seu voto, não vote por impulso, principalmente os jovens, seja fiel a sua cidade, vamos colocar um prefeito que faça a Cidade de Goiás ser orgulho pra quando formos perguntado, possamos falar com alegria, ‘‘Eu sou da Cidade de Goiás’’. Vista a camisa da cidade. Faça como os comerciantes, eles acreditam que ainda teremos muitos momentos de Glória.
A CDL acredita no potencial desta cidade, temos certeza que em breve daremos a volta por cima e teremos muitos empregos, e uma vida dígna para todos.

Por Gessy Chaves

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários anônimos não serão publicados.

 
© Copyright Jornal Classifique 2011 - Todos os Direitos Reservados | Powered by Grupo GBC.
Template Design iNOVA Criaçoes | Desenvolvido para Jornal Classifique e Novagraf