20/04 - 22:34h - HEROÍNA


A heroína é uma droga derivada da papoula, sintetizada a partir da morfina: atua sobre receptores cerebrais específicos, provocando um funcionamento mais brando do sistema nervoso e respiratório.

Descoberta sua potencialidade em causar dependência química e psíquica de forma bastante rápida. Apresentando em sua forma pura como um pó branco de coloração esbranquiçada, é utilizada mais freqüentemente de forma injetável, após aquecimento; além disso, alguns usuários a inalam ou a aspiram.
Seus efeitos duram aproximadamente cinco horas e suas conseqüências são: constantes vômitos, diarréias e fortes dores abdominais, perda de peso, depressão, abortos espontâneos , surdez, delírio, descompassos cardíacos, incapacidade de concentração, depressão do ciclo respiratório, colapso de vasos sanguíneos, além de problemas relacionados ás interações sociais e familiares são algumas das conseqüências que o usuário está sujeito, no caso de pessoas que utilizam na forma injetável, há chances de hepatites e pneumonias, em decorrência da utilização de seringas compartilhadas.
Além disso, sabe-se que é perigoso dirigir após fazer o uso da heroína, pois causa sonolência, reduz a coordenação, as reações ficam mais retardadas e a visão pode ser afetada.
A maioria dos casos de morte por overdose é conseqüência de paradas respiratórias decorrentes de seu uso prolongado, ou se uso concomitante com drogas.

Por:JulianaChaves
Fonte: Projeto Viva Vida

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários anônimos não serão publicados.

 
© Copyright Jornal Classifique 2011 - Todos os Direitos Reservados | Powered by Grupo GBC.
Template Design iNOVA Criaçoes | Desenvolvido para Jornal Classifique e Novagraf