20/04 - 21:52h - MACONHA


Os efeitos causados pelo consumo da maconha, bem como a sua intensidade, são os mais variáveis e estão intimamente ligados á dose utilizada, concentração de THC na erva consumida e reação do organismo do consumidor com a presença da droga.

Os feitos físicos mais freqüentes são avermelhamento dos olhos, ressecamento da boca e taquicardia ( elevação dos batimentos cardíacos, que sobem de 60-80 para 120-140 batidas por minuto ).

Com o uso contínuo, alguns órgãos, como o pulmão, passam a ser afetados. Devido a continua exposição com a fumaça tóxica da droga, o sistema respiratório do usuário começa a apresentar problemas como bronquite e perda de capacidade respiratória. Além disso, por absorver uma quantidade considerável de alcatrão presente na fumaça de maconha, os usuários da droga estão mais sujeitos a desenvolver o câncer de pulmão.

Os efeitos psíquicos são os mais variados, a sua manifestação depende do organismo e das características da erva consumida. As sensações mais comuns são bem-estar inicial, relaxamento, calma e vontade de rir. Pode-se se sentir angústia, desespero, pânico e letargia.

Ocorre ainda uma perda da noção de tempo e espaço, além de um prejuízo na memória e latente falta de atenção.

Por:JulianaChaves
Fonte: Projeto Viva Vida

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários anônimos não serão publicados.

 
© Copyright Jornal Classifique 2011 - Todos os Direitos Reservados | Powered by Grupo GBC.
Template Design iNOVA Criaçoes | Desenvolvido para Jornal Classifique e Novagraf