19/02 - 16:00h - Praça do coreto na Cidade de Goiás é ponto de encontro de foliõess

A Praça do Coreto foi o ponto de encontro durante a tarde de sábado de carnaval na cidade de Goiás. Cerca de 300 foliões se reuniram para curtir o som do Grupo Nosso Samba, que tocou sambas tradicionais, música popular brasileira, clássicos do rock com versões em ritmo de batucada e também os hits da temporada, como Ai se Eu Te Pego.

Entre as mais animadas, estava o trio de estudantes de Direito formado por Mariana José Silva, de 23 anos, Ana Cláudia Souza, de 22, e Luciana Bailão, de 23. As três são de Goiânia, mas anualmente vão para Goiás aproveitar o carnaval. “Nos outros anos tinha mais gente, mas mesmo assim está bom”, disse Mariana.

Elas estavam no “esquenta” para a abertura oficial da festa, que ocorreu na noite de ontem. No entanto, ainda pairavam dúvidas se a folia teria continuidade. Circulava na cidade a informação de que a prefeitura não teria pago a empresa que montaria o palco. A estrutura havia sido instalada.

Até o fechamento desta edição, ainda havia o impasse. Mas estava prevista a apresentação da banda Skalibull além da apresentação do DJ Kavanhaki. No entanto, o cortejo do Bloco Afoxé Pilão de Prata levou os batuques afro para as ruas históricas da cidade. No Largo do Rosário, o Bloco do Rosário também animou os foliões.

Mas para chegar à cidade de Goiás o folião que saiu de Goiânia teve dificuldades. A GO-070 teve por volta de 40% de aumento no movimento ontem, conforme informações da Polícia Rodoviária Estadual (PRE). A intensa fiscalização dos militares preveniu acidentes mas deixou o fluxo lento. Em cada posto policial, passava um carro por vez. Antes de Itauçu, uma carreta quebrada no meio da pista também deixou o trânsito mais lento.

Por Julianas Chaves
Fonte: O Popular

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários anônimos não serão publicados.

 
© Copyright Jornal Classifique 2011 - Todos os Direitos Reservados | Powered by Grupo GBC.
Template Design iNOVA Criaçoes | Desenvolvido para Jornal Classifique e Novagraf