15/02 - 18:10 - Cora Coralina é yema homenageada em Nova York - Estados Unidos

A poetisa Cora Coralina (Ana Lins dos Guimarães Peixoto Bretas), um dos símbolos da literatura goiana recebeu nesta última quarta-feira, 25/01, uma homenagem em Nova York. A iniciativa se insere no projeto Brazilian Endowment for the Arts, entidade cultura localizada em Manhattan, cujo objetivo é difundir a literatura brasileira nos Estados Unidos.

O projeto, intitulado de Quartas Literárias  é  organizado pela professora Lisa Papi, responsável pela organização do evento, e consiste em encontros mensais, de escritores, jornalistas e poetas residentes em Nova York, que se reúnem para discutir a literatura nacional naquele país.

Para este ano, os realizadores do evento dedicarão à apresentação de escritoras brasileiras ao público americano. A primeira a fazer parte da pauta foi Cecília Meireles, seguida por Cora Coralina. As próximas homenageadas serão Clarice Lispector e Nísia Floresta.

"Hoje podemos organizar um evento sobre a Cora Coralina e comparecem dezenas de brasileiros'', diz o professor,   o professor Domício Coutinho, presidente do Brazilian Endowment for the Arts e é um dos brasileiros vivendo há mais tempo nos Estados Unidos. Ele desembarcou em Nova York em 1959 para passar uma semana. Como era religioso, tendo estudado em seminário da Itália, decidiu ir se confessar em uma igreja de Manhattan e contou seu pecado em latim para o padre americano. Este imediatamente o contratou como sacristão e, 53 anos depois, Coutinho permanece em Nova York.

Por Gessy Chaves
Fonte: agepel

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários anônimos não serão publicados.

 
© Copyright Jornal Classifique 2011 - Todos os Direitos Reservados | Powered by Grupo GBC.
Template Design iNOVA Criaçoes | Desenvolvido para Jornal Classifique e Novagraf