14/01 - 07:57 - Pensando bem... Exemplos de simplicidade e honestidade

Se todos nós precisamos de exemplos de simplicidade e honestidade na liderança aqui vão alguns:

-Na Antiga Grécia, em Esparta, os reis se vestiam de maneira simples como os soldados e faziam as mesmas funções que todos numa guerra, chegando até a confundir os inimigos sobre quem era quem;

-Na China a corrupção é punida com prisão perpétua ou pena de morte. Não é a toa que seja o país que mais está progredindo no mundo todo;

-Na Índia o grande líder pacifista Mahatma Gandhi tecia a sua própria roupa e dava atenção às opiniões de crianças da mesma forma que em suas reuniões com outros políticos;

-Quando o líder comunista Ho Chi Min foi presidente do Vietnã ele fez questão de morar na casa do caseiro, que ficava nos fundos do Palácio Presidencial, deixando o Palácio liberado para que houvesse mais salas disponíveis para as repartições de utilidade pública;

-Quando o líder comunista Che Guevara foi Ministro da Indústria em Cuba ele se dispunha a cortar cana com os bóias-frias nos canaviais do governo e a ajudar a carregar massa para a construção de casas populares;

-Nelson Mandela, quando foi presidente da África do Sul, doava metade de seu salário para obras sociais;

-Conheci um homem no interior de Minas Gerais que havia sido vereador, e que chegou a ter alguns projetos seus aprovados na Câmara Municipal. Foi tão perseguido por sua honestidade que ao término do mandato se tornou um mendigo que perambula pelas cidades daquela região;

-Fala-se muito na Cidade de Goiás de um antigo prefeito, conhecido como Dário de Paiva, que se destacou por ter sido muito simples no trato com as pessoas de baixa renda e em participar pessoalmente como operário em algumas obras de seu mandato. Tornou-se uma “lenda urbana”;

-Jesus, o Filho de Deus, lavou os pés de seus apóstolos...

Reflita nestes casos citados antes de se sentar em frente daquela caixa chamada “Urna Eletrônica”... E passe a observar melhor as pessoas e os acontecimentos a sua volta, e a olhar menos para o próprio umbigo! Sempre que for votar lembre-se de quantas pessoas além de você moram nessa cidade e necessitam viver com dignidade. Não vote em nenhum candidato só porque ele te prometeu emprego, vote no candidato que você depois de orar e pedir direção de Deus acredita ser a melhor opção para que a Cidade de Goiás possa sair da estagnação e da falta de qualificação dos “cabides de emprego” e possa caminhar rumo à evolução que seja capaz de beneficiar a maioria da população, não uma minoria egoísta que se esquece que não vive sozinho e dá uma “banana pra população”.

“O que me preocupa não é o grito dos maus. É o silêncio dos bons.” (Martin Luther King)

José Maria dos Santos
Souza Professor Pezinho

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários anônimos não serão publicados.

 
© Copyright Jornal Classifique 2011 - Todos os Direitos Reservados | Powered by Grupo GBC.
Template Design iNOVA Criaçoes | Desenvolvido para Jornal Classifique e Novagraf