05/01 - 11:15h - Coluna Econômica - Agronegócio evita retração

Os recentes noticiários mostraram que num cenário geral em que a economia ficou paralisada ou até andou para trás em alguns ramos, o agronegócio foi o único setor que avançou, tendo uma expansão de 3,2% no terceiro trimestre em comparação com o resultado obtido no trimestre imediatamente anterior. O campo foi o responsável pelo fato do PIB = Produto Interno Bruto não ter recuado entre julho e setembro de 2011, contrariando a expectativa de muitos especialistas. Comparado a igual período de 2010, houve um salto de 6,9%. O segredo do sucesso, segundo técnicos do IBGE = Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, está no aumento da produtividade. A cada ano os agricultores conseguem produzir mais em uma menor quantidade de terras, elevando seus ganhos.
O arrocho no crédito, os juros em alta e as turbulências na Europa fizeram o PIB ter variação zero no terceiro trimestre, o que se tornou uma grande preocupação governamental. O Brasil não resistiu às intervenções decididas pelo Copom = Conselho de Política Monetária na economia para controlar a inflação, e parou: no terceiro trimestre nossa taxa de desenvolvimento foi igual a zero!! Foram divulgadas comparações nada reconfortantes, como a taxa crescimento de 0,2% na combalida União Européia, de 0,5% nos Estados Unidos, e o salto de 1,5% no Japão, país que foi altamente prejudicado por um terremoto seguido de tsunami e desastre nuclear. O Brasil ficou no mesmo patamar da fragilizada Espanha, onde há uma taxa de desemprego de 22%, a maior da Europa.
Surtiram efeito além do previsto as medidas adotadas pelo Governo desde dezembro de 2010. As famílias estão contendo seus gastos e procurando quitar dívidas. A estagnação que atingiu a economia no terceiro trimestre contaminou também o pujante setor de serviços, o qual encolheu 0,3% em relação ao trimestre imediatamente anterior. E a indústria amargou uma retração de 0,9%, o pior desempenho desde o primeiro trimestre de 2009, onde só a construção civil cresceu.
Parabéns ao agronegócio pelo sucesso. Especialistas costumam dizer que a agricultura sempre foi o instrumento principal de desenvolvimento do país. Nas crises, é o agronegócio que resolve e dá sustentação tanto na balança comercial quanto na geração de empregos.

Por: Sr. EUGÊNIO L. JARDIM

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários anônimos não serão publicados.

 
© Copyright Jornal Classifique 2011 - Todos os Direitos Reservados | Powered by Grupo GBC.
Template Design iNOVA Criaçoes | Desenvolvido para Jornal Classifique e Novagraf