06/12 - 11:00h - Dia 10/12, próximo sábado, Estreia o Curta Caminhos de Cora

Dia 10 de Dezembro as 19:30 no Cine Teatro São Joaquim, Estréia do Curta Caminho de Pedras de Lázaro Ribeiro, Lançamento do CD “Solar” do duo “Com a Corda Toda”: Luiz Chaffin e Pedro Braga e do Lançamento do DVD “Coisa Musical” de Maria Eugênia.

O curta-
metragem Caminho de Pedras de Lázaro Ribeiro é uma ficção baseada nas descrições e narrações poéticas de Cora Coralina e na obra “Cora Coragem Cora poesia” de sua filha caçula Vicência Brêtas Tahan.
No curta a poetisa narra a sua própria história em versos, onde ao retornar a velha Cidade de Goiás quarenta e cinco anos após sua partida para São Paulo, relembra sua infância e adolescência.
Cora Coralina trás nas memórias momentos de quando era apenas “Ana” e “Aninha”, percorrendo verdadeiros caminhos de pedras para fugir das estradas propostas pelo destino.
“Carreando pedras e plantando flores”, em meio a tantas dificuldades e preconceitos desenha-se. Nas imagens do que escreve se eterniza. Registra histórias. Foge dos fantasmas do preconceito, do desamor, da vida imposta às mulheres de sua época: casamentos por conveniência e não por amor. Segue a voz do seu coração e não o que as moças de seu tempo ouviam e acatavam.
Ana decide por uma união resultante de um não convencional até poder casar-se definitivamente com Cântidio Brêtas.
O curta nos traz a efervescência cultural que Goyaz até então, capital do Estado, vivia. Retrata os saraus com seus poetas e músicos reunidos, declamando e cantando em versos e modinhas a vida tranqüila da Cidade.
E da janela de sua casa velha, a poetisa mirava-se nos espelhos das águas. Galeria onde Ana sonhava tecer um grande amor de verdade. Um “peixe homem”, que a levasse a navegar pelos mares (imaginários e/ou reais), águas de vida e de escrita.
Assim, através daqueles sonhos Ana transforma-se em Cora Coralina. Mulher forte que, ao retornar para sua Cidade natal relembra os caminhos de pedras percorridos. Os mesmos caminhos que a levaram e os mesmos que a trouxeram de volta sentindo a dureza das “pedras lapidares” de seu berço, de sua história.
O curta foi produzido através da Lei goyazes, Governo do Estado de Goiás, patrocínio da Bercar Caminhões uma produção da Goyazes produções roteirizado e dirigido por Lázaro Ribeiro. Um projeto que levou ser 6 anos para sua finalização, estrelado por Samara Felippo ( Como Ana Lins –Cora Jovem) e Mario Cardona (Cantídio Brêtas), além de atores Goianos: Adriana Brito, Dionízio Bombinha, Waldemar Vieira, Cristiane Alves , Yanca Leandra, Marly Mendanha, Maria Jubé, Glória Teixeira, Ana Luiza, Huiara Almeida, Elenizia da Mata e Divina Paiva.
Participação especial: Luiz Chafin e Maria Eugênia que assinam a trilha sonora junto a Alzira Espíndola, Tetê espíndola , Fernado Cupertino e Consuelo Quireze.
Ass. Direção Pedro Novaes, Diretor de fotografia Emerson Maia, Direção de arte Pedro Otto, Figurino Wesley Jubé, Captação de som Thiago Camargo, Operador de som César Kiss, Cabelo Maquiagem Accioly Netto, Edição Uttara Arpana (Semáforo produções) Narração Alzira Espíndola , Captação de recursos Marcelo Carneiro, Produção e produção Executiva Mauricio Cruz.
Sinopse :
O curta-metragem Caminho de Pedras de Lázaro Ribeiro é uma ficção baseada nas: descrições e narrações poéticas de Cora Coralina e na obra “Cora Coragem Cora poesia” de sua filha caçula Vicência Brêtas Tahan.
A poetisa narra a sua própria história em versos, onde ao retornar a velha Cidade de Goiás quarenta e cinco anos após sua partida para São Paulo, relembra sua infância e adolescência onde percorreu verdadeiros caminhos de pedras para fugir das estradas propostas pelo destino.
Por Gessy Chaves

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários anônimos não serão publicados.

 
© Copyright Jornal Classifique 2011 - Todos os Direitos Reservados | Powered by Grupo GBC.
Template Design iNOVA Criaçoes | Desenvolvido para Jornal Classifique e Novagraf